Esclarecimento sobre acesso ao Parque Pico Paraná

Curitiba, 11 de setembro de 2013

Prezados (as) Senhores (as):

Para conhecimento de V. Sas., comunicamos que a partir de 11/09/2013, a passagem para as principais montanhas do Parque Estadual Pico Paraná, criado em 06/06/2002 através do Decreto 5769, não podem em hipótese alguma ser motivo de cobrança, pelo proprietário da Fazenda Pico Paraná.

Nos próximos finais de semana, o Instituto Ambiental do Paraná – IAP estará instalado na entrada do parque, para orientar e esclarecer aos visitantes, dúvidas que por ventura venham a ocorrer.
Reiteramos que não é permitida a cobrança para a passagem as principais montanhas do parque, porém a utilização das dependências da propriedade particular (ex. banheiro e estacionamento) podem ser motivos de cobrança por parte do proprietário da fazenda, por entender ser uma prestação de serviço.

O Instituto Ambiental do Paraná junto com a Prefeitura Municipal de Campina Grande do Sul iniciaram o projeto de construção da sede do parque, que servirá para atendimento e orientação aos visitantes.

Agradecemos a V. S. a atenção dispensada.

 

Diretoria
Federação Paranaense de Montanhismo – FEPAM